Búsqueda avanzada
Formação de professores em Ciências Sociais na UFSC/Brasil: análise sobre o perfil do egresso
Marcelo Pinheiro Cigales y Treicy Giovanella da Silveira.
XI Jornadas de Sociología. Facultad de Ciencias Sociales, Universidad de Buenos Aires, Buenos Aires, 2015.
Dirección estable:
Resumen
O curso de graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) está dividido em duas modalidades: bacharelado e licenciatura. O bacharelado volta-se essencialmente à pesquisa e a licenciatura destina-se à formação do professor de Sociologia. Historicamente houve uma rejeição das Ciências Sociais no que se refere às pesquisas voltadas para a educação no Brasil. Isso acarretou baixa produção científica dessa temática dentro dos Programas de Pós-graduação da área, e consequentemente uma invisibilidade desses temas nos grupos e linhas de pesquisa no país. Diante deste contexto este estudo visa conhecer o perfil do egresso da licenciatura em Ciências Sociais da UFSC destacando algumas características dessa formação. A metodologia se utiliza de dados empíricos coletados através de questionário online respondido por egressos dos últimos quatro anos. Destacamos que ainda existe um problema em relação à formação dos licenciados, pois várias disciplinas específicas da licenciatura são ministradas por professores de outros departamentos. Porém, a obrigatoriedade do ensino da Sociologia na Educação Básica, (Lei nº 11.684/08) e a criação do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência apontam para um movimento de valorização dessa formação.
Texto completo
Creative Commons
Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons.
Para ver una copia de esta licencia, visite http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/deed.es.