Búsqueda avanzada
O Poder do Pai: Paternalismo na política varguista-peronista e o riso de Divito e Chichorro
Botton y Fernando Bagiotto.
XIV Jornadas Interescuelas/Departamentos de Historia. Departamento de Historia de la Facultad de Filosofía y Letras. Universidad Nacional de Cuyo, Mendoza, 2013.
Dirección estable:
Resumen
O presente projeto propõe um trabalho de comparação entre os carismáticos discursos utilizados pelo varguismo e pelo peronismo para legitimar um poder político que chamaremos de “paternalista”, já que estavam baseados numa moral masculina, viril, trabalhista, católica e sobretudo familiar. Tal carisma contribuiu para que o espaço público da política se inserisse na esfera privada do lar e vice versa, uma vez que as figuras de Vargas e Perón foram popularizadas enquanto grandes chefes de família e pais da nação. Em contraface, estudaremos as charges do curitibano Alceu Chichorro e do portenho Guillermo Divito que representaram a vida privada dos homens da época e ridicularizaram os ideais varguistas e peronistas através do riso e do escárnio aos mesmos valores paternais da harmonia, moralidade e confiança na figura do pai/chefe. Dessa forma temos por objetivo estudar o estabelecimento de uma tensão discursiva e emotiva entre os entusiastas e críticos dos valores paternais no Brasil Varguista e na Argentina Peronista. Para isso, aliaremos uma análise de gênero com as teorias que articulam história e psicanálise, como as de Pierre Ansart, Richard Sennett e Félix Guattari. Também trabalharemos com os estudiosos do riso e dos quadrinhos como Scott McCloud e Ernst Gombrich para assim compreender a charge em sua singularidade expressiva e artística, bem como sua relação com os campos da política, da sociedade, da estética, do consciente e do inconsciente. Portanto, propomos um estudo interdisciplinar que transita pelas fronteiras dos estudos de gênero, masculinidade, história, psicanálise, artes gráficas e política.
Texto completo
Creative Commons
Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons.
Para ver una copia de esta licencia, visite http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/deed.es.